IOP – Instituto de Oncologia do Paraná

Informações úteis
Voltar

Como prevenir?

Atualmente há diversas evidências clínicas que demonstram o quanto práticas comuns do dia-a-dia  podem ajudar no combate ao câncer. Veja abaixo algumas delas:

cancer_alimentacao

ALIMENTAÇÃO: Adoçantes artificiais (sacarina – quando ingeridos em quantidade acima do recomendado, pode aumentar o risco de câncer de bexiga; aspartame – já foi correlacionado ao desenvolvimento de leucemia, linfoma e tumores cerebrais); Carnes assadas: aumentam o risco de câncer, a saber: colon-retal, mama, pâncreas, estômago; Gorduras: as gorduras saturadas (gorduras trans) aumentam o risco de câncer, em especial o colon-retal e o câncer de mama;

 

 

 


prevenção_alcool_imagesTABACO:
 trata-se de um dos fatores mais consistentes e está relacionado a maioria das neoplasias de cabeça e pescoço, vias aéreas superiores e pulmões. Também aumenta a incidência do câncer de bexiga;

ÁLCOOL: o consumo excessivo pode ocasionar maior predisposição a câncer de vias aéreas superiores, esôfago, mama e estômago;

 

 

 

 

 

 

Figura1

SEDENTARISMO: relacionado a câncer de cólon e mama; provavelmente também a outros tipos de câncer;

OBESIDADE: relacionado a câncer de mama, endométrio, cólon.

 

 

 

 

 

Fonte: INCA, Instituto Nacional de Câncer